Biografia

Por Marcos Costa, originalmente publicado em novembro de 1997

No dia 29 de Agosto de 1958, em Gary (Indiana-EUA) nasceu Michael Joseph Jackson. O sétimo de uma escada de nove filhos – Rebbie, Jackie, Tito, Jermaine, La Toya, Marlon, Michael, Randy e Janet.

A primeira performance em público de Michael aconteceu em 1963, ele tinha apenas 5 anos de idade. “Climb Every Mountain” foi a canção que fez Joseph Jackson, seu pai, criar uma banda incluíndo o talentosíssimo Michael Jackson. O primeiro nome da banda foi “The Ripples and Waves Plus Michael”. Este nome não durou muito e quando Michael tinha por volta de oito anos, a banda passou a chamar-se: “The Jackson Brothers”. Joe investiu tudo que podia em seus meninos, comprou instrumentos e os ensinou a tocá-los. Joe também foi o responsável pelas coreografias do grupo.

Na autobiografia Moonwalk, Michael lembra desses tempos com tristeza: “Papai investiu muito tempo e dinheiro para trabalhar conosco. Era o nosso crítico. Se errássemos, apanhávamos, com a cinta, com as banquetas. Ele era muito severo”.

A pedido de um conhecido da família, o nome da banda mudou mais uma vez, “The Jackson Five” foi o nome escolhido na tentativa de chamar maior atenção das gravadoras. Finalmente em 1969, Berry Gordy (dono da Motown) foi convencido por Suzanne de Passe (sua acessora e braço direito) e o Jackson 5 assinou com a famosa gravadora Motown, sediada em Detroit. “I want you back”, primeiro single pela Motown, vendeu um milhão de cópias em um mês (chegou a dois milhões de cópias). Em 1970, era lançado o primeiro álbum, “Diana Ross Presents Jackson 5“.

Em 1971, gravou o seu primeiro disco solo “Got to be there“, três músicas do álbum alcançam as paradas de sucesso – “Rockin Robin”, “I wanna be where you are” e “Got to be there”. Nesse ano foi lançado o desenho animado do Jackson Five. No mesmo ano, o Jackson 5 coloca mais três singles no primeiro posto: “ABC”, “The love you save” e “I’ll be there”. “ABC” ganha o Grammy de melhor música pop do ano. Michael ganha 2 prêmios na Billboard em 1972 e um Globo de Ouro por “Ben”.

Em 1974o Jackson Five esteve no Brasil para uma série de shows: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e Belo Horizonte. Até 1975, Michael e o Jackson 5 acumulam uma série de hits: “Never can say good-bye”, “Goin’ back to Indiana”, “Music and me”, “Happy”, “Ain’t no sunshine”, “Mama’s pearl”, “With a child’s heart”, “Morning Glow”, “Dancin’ Machine”, “One day in your life” e outros…

Em 1976trocam a Motown pela Epic e passam a usar o nome THE JACKSONS. Lançaram o álbum “The Jacksons”, mas Jermaine sai do grupo considerando a troca de gravadora uma traição com a Motown. Mesmo assim “Enjoy Yourself” e “Show you the way to go” emplacam o primeiro lugar nas paradas e o disco vende mais de um milhão de cópias.

Em 1977, lançam “Goin’ Places” e vendem 2 milhões, apesar de se apresentarem pouco. O álbum não foi tão popular. Mas em 1978, com o lançamento de “Destiny“, os Jacksons emplacaram os sucessos “Blame on the boogie” e “Shake your body”. Michael estréia no cinema com Diana Ross no filme “The Wiz” (versão negra de “O mágico de Oz”), e faz um dueto com ela, “Easy on down the road”.

Em 1979, após ter conhecido Quincy Jones nas gravações de The Wiz, Michael se junta ao produtor e lança uma obra-prima: “Off the Wall“. Michael se torna um fenômeno.

Capa original do álbum “Off The Wall” em formato LP (vinil), pelo selo Epic.

O álbum vende inicialmente 8 milhões de cópias. “Don’t stop till you get enough” e “Rock with you” chegam ao primeiro lugar no mundo inteiro. Michael ganha um Grammy. Com este disco, Jackson foi o primeiro artista solo a ter quatro singles de sucesso em um álbum, recorde batido por ele mesmo, com “Thriller”.

Vinte e cinco anos depois “Off the Wall” se estabeleceu como uma coleção sem falhas, fluente, de pop disco e baladas soul pop e que já ultrapassou a marca de 45 milhões de discos.